Três homens armados se deram muito mal ao mandar bala na polícia na noite desta segunda-feira em Manaus. De acordo com a polícia eles cometiam arrastões nos bairros Tarumã, Santa Etelvina e Manoa, quando se viram perseguidos pelos policiais, que deram ordem de parada e receberam tiros como resposta.

O tiroteio acabou na rua Rua Sara Kubitscheck, no Manoa. De acordo com informações dos policiais militares da 20ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o trio estava cometendo os crimes e tocando o terror contra cidadãos. Dois deles morreram no local e o terceiro ainda foi socorrido com vida e levado em uma viatura por policiais da 20ª Cicom para uma a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Campos Salles, na Zona Oeste, onde foi constatado o óbito.

O carro modelo Sandero, de cor vermelha, foi apreendido. O nome dos bandidos não foi divulgado pelos policiais, que também encontraram com eles quatro armas, sendo uma pistola calibre .40, um revólver calibre .38, e duas de brinquedo.

Perseguição na Zona Centro-Sul

A noite de segunda-feira também registrou a prisão de dois bandidos na Avenida Jornalista Umberto Calderaro Filho, no bairro Adrianópolis, Zona Centro-Sul de Manaus. Eles foram vistos em atitude suspeita, em cima de uma moto. De acordo com o tenente Daniel Medeiros, da 16ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), eles não encostaram o veículo na hora da abordagem. “Nós iniciamos o acompanhamento. No cruzamento da Avenida André Araújo, com a Avenida Jornalista Umberto Calderaro Filho, eles perderam o controle da moto. Eu saí da viatura, o que estava na garupa viu e disparou duas vezes na minha direção e eu respondi. Continuamos o acompanhamento a pé”, disse o tenente.

Os policiais entraram no mato e conseguiram prender a dupla e apreender a moto com restrição de roubo. A arma não foi mais encontrada.