Os policiais militares que vão atuar no “Rocam Motos”, lançado na manhã desta terça-feira (11/08), pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), passaram por um estágio de motopatrulhamento no Grupo de Intervenção Rápida Ostensiva (Giro), do Amapá, e no Grupamento Raio, do Ceará. O treinamento, desenvolvido sobre duas rodas, capacita o policial para atuar em regiões elevadas e inclui noções de adestramento, escolta, abordagem e tiro embarcado. “Os policiais passaram, primeiro, por uma seleção rigorosa em razão da potência dessas motos. Posteriormente um treinamento intensivo com técnicas de policiamento em motocicleta, abordagem com elas, uma adaptação para esse novo tipo de motocicleta, e agora está aí uma tropa preparada. São 120 homens capacitados que vão atuar no horário comercial, nas áreas que estão sem policiamento”, ressaltou o secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates.

Com o “Rocam Motos”, as equipes vão atuar com três motocicletas e quatro policiais, sendo um deles garupa. Eles trabalharão em conjunto, de modo semelhante a uma equipe de viatura convencional, com a diferença que poderão acessar regiões que não permitem a entrada de carros. Essa modalidade de policiamento também permite maior rapidez no atendimento de ocorrências. “Esse policiamento já acontece em todo o país e o Amazonas, agora, lança novamente o policiamento da 3ª Companhia da Rocam Motorizada. Homens treinados por oficiais e praças capacitados. Nós entregamos para a população do Amazonas mais uma modalidade de policiamento para combater o crime e fazer, acima de tudo, com que a Polícia Militar esteja nas ruas para aplicar a lei”, acrescentou o comandante-geral da PM, coronel Ayrton Norte.

Para o novo programa de segurança pública, a SSP-AM adquiriu 60 motocicletas do tipo V Strom 650 cilindradas, além de rádios e fardamentos diferenciados.