A Justiça Federal emitiu uma limitar que mantém a vigência do decreto do Governo do Amazonas que determinava a restrição do transporte fluvial no estado.

A juíza federal Jaiza Maria Pinto Fraxe foi a responsável pela assinatura da liminar. Ela ainda informou que o estado pode sofrer uma “contaminação em massa” sem o controle do fluxo de passageiros.

O decreto foi assinado pelo governador Wilson Lima na última quinta-feira (19). No mesmo dia também foram suspensas as aulas na rede pública estadual em todos os municípios do Amazonas.