Policiais civis lotados no 26º Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob a coordenação dos delegados Walter Cabral, Heron Muneymne e Normando Barbosa, titulares e adjunto, respectivamente, da 2ª Seccional Norte e 26º DIP, cumpriram na manhã desta quinta-feira (02/04), por volta das 8h40, mandado de prisão, em razão de sentença condenatória por estupro de vulnerável, em nome de um homem de 45 anos. Em março de 2013, o infrator praticou atos libidinosos contra a filha dele, que na época tinha 12 anos.

De acordo com o delegado Heron Muneymne, o homem foi preso na rua Japurá, comunidade Val Paraíso, na quarta etapa do bairro Jorge Teixeira, zona leste de Manaus. Ainda segundo o delegado Heron, o indivíduo apalpou a vítima e pegou nas partes íntimas dela. O delito aconteceu duas vezes, enquanto a vítima estava no banheiro da casa que vivia com a família.

“Na época, a mãe da menor tomou conhecimento do caso e logo procurou a Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), local onde foi dado início a todos os procedimentos e, posteriormente, remetido à Justiça. O Processo tramitou em segredo de Justiça e, ao final, o autor foi condenado a 16 anos e quatro meses de prisão. Hoje, pela manhã, nossa equipe cumpriu o mandado de prisão em nome do homem”, ressaltou Muneymne.

O mandado de prisão foi expedido no dia 18 de março, pela juíza Articlina Oliveira Guimarães, da 2ª Vara de Crimes contra a Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes.

*Com informações da Assessoria