A Polícia Federal, cumprindo ordens judiciais promoveram a exaustão na sede do governo e na casa do governador Wilson Lima, uma operação de busca e apreensões. A operação se antecipou aos resultados da CPI espalhando pânico na Susam e no alto escalão governamental e acabou atingindo em cheio Wilson Lima e sua família. Justo que havia desenhado uma equação algébrica com seus aliados na ALE de intrincada elucidação, em que os deputados aliados fariam o impedimento dos trabalhos e o Polícia Civil com o MPE  ficaria com uma operação cortina de fumaça para recolher todas as provas da maracutaia na Susam. Servidores e alto escalão todos juntos para a cadeia.