O jogador Neymar pode ter o salário cortado pela metade, afirmou o jornal L´Équipe, da França. Segundo a informação os clubes da Liga Francesa estão perto de um acordo coletivo para reduzir o salário dos jogares em até 50¢ durante a paralisação do futebol por conta do Coronavírus.

Os clubes que capitanearam a iniciativa foram o Olympique de Marselha e o Lyon. Depois, o PSG se juntou a eles. Agora, os dirigentes buscarão uma adequação à lei francesa, que determina que as equipes paguem 70% do salário bruto dos jogadores.