A Caixa Econômica Federal anunciou o corte das taxas de juros para auxiliar na recuperação da economia durante a pandemia do novo coronavírus.

A medida corta as taxas de juros do cheque especial para pessoa física, do parcelamento da fatura do cartão de crédito, de capital de giro, de empréstimos para hospitais, para o Crédito Direto ao Consumidor (CDC) e para o penhor.

Os juros reduzidos entrarão em vigor em 1º de abril para o cheque especial e o cartão de crédito. As taxas dos demais produtos já estão em vigor.