A nova frota de veículos que atenderá o transporte coletivo de Manaus está sendo fabricada em duas etapas, totalizando 300 novos ônibus que serão incorporados ao sistema até o final deste ano, sendo 150 já em setembro. “Será um grande ganho para população, que terá ônibus novos, mais modernos e confortáveis, além de outras melhorias como novas estações de transferência, construção e reforma de terminais”, destacou o prefeito Arthur Virgílio Neto, lembrando que todas essas medidas são resultado na intervenção feita no sistema.

Para acompanhar a produção de forma mais direta, uma comitiva da Prefeitura de Manaus e da Câmara Municipal realizou uma visita técnica à Fábrica da Marcopolo, que fica no Distrito de Xerém, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense (RJ). O primeiro lote, com 150 ônibus, já está em fase final de produção e os primeiros veículos já estão sendo preparados para envio à capital amazonense, devendo chegar entre o final do mês de agosto e os primeiros dias de setembro. Os demais, devem ser produzidos no decorrer dos meses e entregues até dezembro.

Segundo o presidente da Comissão de Transporte, Mobilidade Urbana e Obras Públicas da Câmara Municipal de Manaus, vereador Rosivaldo Cordovil, o transporte é uma preocupação prioritária. “Recebemos todas as notas fiscais para acompanhar o número dos chassis, assim como as notas fiscais. Todas demonstram que são veículos novos, produzidos em 2020 com o modelo de 2021”, afirmou.

Fiscalizações

Atualmente, a frota total de ônibus na capital é de aproximadamente 1.500 veículos, sendo 1.300 operantes. Paralelo à aquisição de novos veículos, o IMMU também intensificou fiscalizações nas empresas e maiores penalizações, de acordo com o dano do veículo, a fim de evitar reduções na frota e a queda da qualidade do transporte.